Como a IoT traz resultados para o setor de Agronegócio

  • por
A IoT e resultado para o agronegócio estão ligados com a possibilidade de ser mais preciso e técnico, a partir da automação de serviços.

Neste texto você irá entender como IoT e resultado para o agronegócio podem estar ligados.

Se você ainda não está familiarizado com o termo “Internet das Coisas”, ou IoT (do termo em inglês, “Internet of Things”), vamos deixar tudo esclarecido para você neste Blog. O termo pode ser descrito como a comunicação entre sensores, máquinas e aparelhos que termina no compartilhamento de dados entre a tomada das melhores decisões para a sua necessidade. A intenção é que a utilização de certos elementos fique mais simples e seja possível até permitir a automação de tarefas.  

O Instituto Global de McKinsey calcula que o impacto da Internet das Coisas na economia global será de 4% a 11% do produto interno bruto do planeta em 2025 e no caso específico do Brasil, de 50 a 200 bilhões de dólares de impacto econômico anual.  

Onde a Internet das Coisas começa no agronegócio? 

Segundo o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o uso de soluções de IoT no agro movimentará entre US$ 5 bilhões e US$ 21 bilhões, até 2025. Como resultado, é esperado o aumento de até 25% na produção das fazendas e a redução de até 20% no uso de insumos.  

São diversas tecnologias no campo que influenciam o dia a dia do produtor, principalmente: 

  • Tomada de decisões;
  • Aumento da produtividade; 
  • Diminui os riscos na produção; 
  • Concentra e organiza as informações administrativas. 

A rotina do agronegócio exige muita rapidez na tomada de decisões, consequência da busca constante por maiores rendimentos agrícolas, menor consumo de insumos e menos desperdício ao longo da cadeia produtiva. 

Algumas soluções de IoT aliada às aplicações de “big data” conseguem também fazer com que o produtor tenha acesso às informações em tempo real sobre toda a lavoura, facilitando a hora da tomada de decisão e o uso da agricultura de precisão.  

Junto da IoT, a agricultura tem a possibilidade de ser mais precisa e técnica, a partir da automação de serviços os dados se tornam inteligência agronômica de forma instantânea.  

Na parte de sistemas para irrigação, por exemplo, os sensores meteorológicos podem fornecer informações sobre as previsões do tempo. 

Com o uso da IoT tudo se torna mais preciso, técnico e científico, diminuindo gastos e proporcionando eficácia e celeridade na produção. A automação dos serviços é um grande exemplo disso, pois retira a mão de obra humana e animal, substituindo-a por equipamentos mais modernos e que repassam de forma instantânea todos os dados do que está sendo produzido.

Acompanhe nosso blog e nossas redes sociais como o Facebook, Instagram e LinkedIn para mais conteúdos que o ajudem diariamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *