3 motivos para investir em Internet das Coisas na sua empresa

  • por
internet das coisas para empresas

A Internet das Coisas tem ganhado grande espaço nos últimos anos e seus dispositivos estão cada vez mais presentes em nosso dia a dia, com mais informação e automação. Dentro do universo corporativo isso não poderia ser diferente.

A Internet das Coisas pode ser adotada pelos mais diversos negócios e de diversas formas, mas sempre com o mesmo objetivo: maximizar a performance interna e manter um fluxo de trabalho automatizado e de baixo custo.

Vamos listar neste texto os três motivos principais para implementá-la em seu negócio. Confira!

É um mercado em larga ascensão

Certamente o mercado de IoT é um dos mais promissores para os próximos anos. De acordo com uma pesquisa da IDC Predictions, o segmento de IoT movimentou, aproximadamente, US$ 745 bilhões no mundo em 2019. Possui também um potencial para ultrapassar a marca de US$ 1 trilhão em 2022, puxado, principalmente, por aportes do setor industrial e de varejistas.

Redução de custos

Ao investir em um sistema que faz todo o monitoramento e a manutenção de um serviço de forma inteligente você reduz custos. É possível resolver tudo por meio da central de operações sem a necessidade de enviar um técnico no local e, assim, evitar custos com deslocamentos, horas extras e novas contratações.

Produtividade de tempo

Dispositivos de IoT podem automatizar processos que antes eram feitos manualmente. Ou seja, um processo que chegava a durar horas, com a IoT, pode ser concluído em minutos.

Ao buscar soluções com esse resultado, os funcionários reconhecem e valorizam quando a empresa melhora e se atualiza a cada ano. Por isso, atualizar os processos e setores pode tornar a equipe mais motivada, o que interfere diretamente no retorno financeiro de modo geral.

Adote soluções IoT para o seu negócio

Você encontra em nosso site tudo sobre o assunto e como pode iniciar a automatização da sua empresa com nossos dispositivos.

Acompanhe a Pixel TI pelas redes sociais: FacebookInstagramLinkedIn e YouTube. Lá compartilhamos mais informações sobre esse e outros assuntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *